domingo, 26 de março de 2017

Morre Venil, um craque de bola

[Postagem contém atualizações
Uruaçu perdeu na manhã de 26 de março de 2017, o humilde Juvenil Rodrigues, apelidado de Venil (imagem acima  Foto: Facebook/Genivaldo Rocha [Geno]), um craque do futebol uruaçuense dos anos 1970, 1980, 1990.
Segundo familiares, a causa da morte foi uma parada cardíaca. Isso, após sofrer (hoje) queda no banheiro. Ele tratava de um câncer e recentemente (em Goiânia, de onde chegou na sexta-feira 24), havia feito cirurgia na cabeça, retirando um tumor.
O velório ocorre na casa do mesmo, na Vila JK (nas proximidades da sede da Associação Atlética Banco do Brasil [AABB], onde se realiza a tradicional Festa do Caju), o horário do sepultamento ainda não foi agendado, mas será no período matutino da segunda-feira 27, no cemitério Jardim das Oliveiras.

Relembrança
Legenda original desta foto, publicada em diferentes espaços do Jornal Cidade (online e impresso):

...Nenzinho (esq.), Veci, Walteno Freitas (Toínho), Venil e Delmírio Rodrigues, em foto no estádio Roberto Izidoro de Almeida (Serra Grande). Eram jogadores de destaque no Guarani (impossível não mencionar sua origem: o Atlético Mirim), time famoso em Uruaçu nos anos 1980 (época de brilho maior) e 1990. O auge do futebol amador uruaçuense foi nas décadas de 1960, 1970 e 1980, quando em diferentes campos a emoção batia em tom superior e tudo era mais bonito. Times e jogadores como esses abrilhantaram o futebol local (Jota Marcelo). – Acervo: Veci/Digitalização: Márcia Cristina

Mais
Leia mais sobre Venil:

(Da Redação. Com atualizações)

sexta-feira, 24 de março de 2017

INCLUSIVE PARA URUAÇU – Marconi define destinação de parte dos recursos do Programa de Investimentos Goiás na Frente

Marconi (esq.) contempla Uruaçu e todas as outras cidades de Goiás. Presidente do PSDB de Uruaçu, Mauri Lemes (dir.) agradece o governador (veja no final da reportagem) – Foto: Márcia Cristina (Jornal Cidade)/Arquivo

Decreto publicado no Diário Oficial do Estado de Goiás (confira no final desta publicação) dispõe sobre a aplicação da receita da privatização da Celg, definindo as áreas e obras prioritárias.

► Investimentos serão realizados na conclusão de obras rodoviárias, em hospitais (Inclusive o Hospital Regional de Uruaçu [HRN], que levará o nome de Maria Perillo, mãe do governador), Credeqs, AMEs, e na finalização de obras em Anápolis.
► Governador está definindo com equipe de governo as obras que receberão o restante dos recursos do Programa Goiás na Frente.
► Montante final e a relação completa de obras do Programa serão apresentados na semana que vem, no lançamento do Goiás na Frente.
Mauri Lemes, que preside o PSDB em Uruaçu, agradece o governador. Confira agradecimento nesta reportagem.

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), definiu a destinação de parte dos recursos do Programa de Investimentos e Entrega de Obras e Benefícios Goiás na Frente. Em decreto publicado no Diário Oficial do Estado de 24 de março, Marconi apresenta a relação de obras que receberão os recursos da privatização da Celg Distribuição.
O governador e sua equipe trabalham agora na definição das demais obras e montantes de recursos do Goiás na Frente. A relação completa será apresentada à população durante a apresentação da iniciativa, dia 30 de março, às 10h30, em ato público no Palácio da Música, Centro Cultural Oscar Niemeyer (CCON), em Goiânia.
A relação das obras que receberão os investimentos provenientes da receita da privatização consta do decreto número 8.918, publicado no Suplemento da edição do DOE.
A lista traz investimentos em rodovias (obras de duplicação, construção, reconstrução e conclusão de trechos), saúde (hospitais, Centros de Referência e Excelência em Dependência Química [Credeqs] e Ambulatórios Médicos de Especialidades [AMEs]) e obras civis (Aeroporto de Cargas, Centro de Convenções e Anel Viário, ambos em Anápolis).

R$842.447.056,28 (Uruaçu agraciada)
Os investimentos nos três setores serão de R$842.447.056,28 – R$500 milhões nas rodovias, R$240 milhões na área da Saúde e R$102.447.056,28 na conclusão de obras civis. “Os recursos financeiros originários da alienação das ações integralizadas do capital social da CELG Distribuição S.A. (Celg D) deverão ser aplicados nas obras prioritárias a seguir relacionadas”, afirma o texto do decreto, ressaltando o que o governador vinha afirmando, em entrevistas à imprensa, que os recursos seriam investidos em obras consideradas prioritárias.
São 53 obras de infraestrutura (rodovias), 20 obras na área da Saúde, e dez obras civis. Dentre as obras na malha rodoviária, está a duplicação de quatro rodovias: GO-070, GO-213, GO-080 e GO-010. As obras rodoviárias estão divididas em três grupos. Em dois deles, há a especificação de que serão utilizados também recursos do Tesouro Estadual e do BNDES. Em meio às obras da Saúde, está a construção dos Credeqs em Caldas Novas, Morrinhos, Goianésia, e Quirinópolis.  Constam, também, seis AMEs, e obras de expansão do Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol) e do Hospital de Doenças Tropicais (HDT/Goiânia), dentre outros hospitais (entre os quais, o Hospital Regional de Uruaçu).
As obras civis serão realizadas nas cidades de Alto Paraíso, Anápolis, Goiás, Posse, Santo Antônio do Descoberto e São Luís de Montes Belos.
Falando ao Jornal Cidade, Mauri Lemes, presidente do PSDB uruaçuense, destaca  o empenho do governador: “Diante de expressivo volume de obras estruturantes para Goiás, envolvendo todas as regiões e as duzentas e quarenta e seis cidades, parabenizo e quero agradecer totalmente ao governador Marconi Perillo, juntamente com a sua equipe, por esse importante apoio. Obrigado, governador, liderança que não cansa de destinar benefícios sociais e estruturantes para a comunidade em geral. Muito obrigado e conte sempre com nós”, disse Mauri Lemes. Outras informações:
-Diário Oficial do Estado > http://diariooficial.abc.go.gov.br/

(Informações, com acréscimo de dados: Gabinete de Imprensa do Governador de Goiás)

Governo anuncia concurso público e reajuste para temporários da Educação

Edital para professores de Matemática, Química e Física e quadro administrativo sai até o mês de junho. Governo também autorizou reposição da inflação para servidores temporários da pasta.

Secretária Raquel Teixeira: “A questão do concurso está, de fato, resolvida e eu considero isso uma vitória para a categoria” – Foto: Mônica Salvador/Seduce

A secretária de Educação, Cultura e Esporte de Goiás, Raquel Teixeira, anunciou, na manhã de 24 de março, em nome do governador Marconi Perillo (PSDB), a realização de concurso público para professores e administrativos, solução para o Quadro Transitório do Magistério e reajuste salarial para os contratos temporários da pasta. O anuncio foi feito durante reunião com representantes do Sindicato dos Trabalhadores na Educação do Estado de Goiás (Sintego).
Ela frisou que, apesar de todas as dificuldades impostas pela mais séria crise econômica da história do país, atender essas três reivindicações significa um esforço do Governo de Goiás e um avanço muito importante para os servidores da rede estadual de educação. “A questão do concurso está, de fato, resolvida e eu considero isso uma vitória para a categoria”.
Serão abertas 1 mil vagas, sendo novecentas para professores de Matemática, Química e Física e 100 para o quadro administrativo de nível superior. Raquel Teixeira informou que esse é apenas o início de um processo maior. “À medida em que formos substituindo os professores que estão fora de sua área de atuação, poderemos definir qual é o déficit real que temos e novos concursos serão realizados.”
O edital deve ser publicado até o mês de junho. A secretária adiantou que o processo já está na Escola de Governo e até a próxima semana estará definida a instituição que ficará responsável pela organização do concurso. Segundo ela, esse é o primeiro passo para resolver a questão dos contratos temporários.
Sobre o reajuste para os servidores, Raquel Teixeira ressaltou que o Governo de Goiás autorizou um índice para repor a inflação. “Estamos trabalhando com duas simulações para ver o que é possível fazer dentro das limitações financeiras do estado, mas considero isso uma sinalização muito importante para que outras melhorias possam ser anunciadas”.

Piso
Quanto ao pagamento do Piso Salarial Nacional e o Plano de Carreiras dos Administrativos, a secretária disse que ambos representam os dois maiores desafios a serem resolvidos e que já estão sendo analisados por uma comissão que inclui a Seduce e as secretarias da Fazenda e Planejamento, já que impactam diretamente na Previdência. “Estamos fazendo todo o empenho possível para encontrar logo uma solução”, explicou.
Além da secretária Raquel Teixeira e da presidente do Sintego, Bia de Lima, estavam no encontro o superintendente executivo Ivo Cézar Vilela e os superintendentes Marcos das Neves, Marcelo Jerônimo, Márcia Rocha Antunes, Regina Efigênia Rodrigues, Ralph Rangel, Solange Andrade, Rivael Aguiar Pereira, o subsecretário da Regional metropolitana, Marcelo Ferreira e, representantes das Subsecretarias regionais de Aparecida de Goiânia, Anápolis, Iporá e da cidade de Goiás.

(Informações: Comunicação Setorial da Seduce)

quinta-feira, 23 de março de 2017

Detran-GO inaugura nova pista de prova em Minaçu

Resultado dos investimentos do governo Marconi na modernização do Detran no interior de Goiás, novo local está equipado com rampa e área de desenvolvimento para motocicletas e circuitos diferenciados para carros – Fotos: Divulgação/Detran-GO




Como resultado das medidas de modernização do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-GO) no interior do estado implantadas pelo governador Marconi Perillo (PSDB), o município de Minaçu tem uma nova pista de prova prática de direção veicular. O Detran-GO homologou o equipamento dia 15 de março e, Minaçu se tornou a primeira cidade da região Norte de Goiás a receber o novo modelo de pista, que busca proporcionar uma melhor formação ao condutor e oferecer conforto e comodidade a candidatos, instrutores e familiares.
A nova estrutura está localizada na rua 22, entre as ruas Piau e Maranhão, no Centro. A padronização das pistas integra uma série de ações do Detran-GO que buscam elevar a qualidade da formação do condutor, de forma a prepará-lo para enfrentar com segurança as adversidades do trânsito, contribuindo para a queda dos índices de acidentes.
De acordo com o presidente do Detran-GO, Manoel Xavier Ferreira Filho, a implantação das pistas, que está sendo feita em parceria com Centros de Formação de Condutores (CFCs), busca reproduzir, ao máximo, situações que motoristas e motociclistas encontrarão no dia a dia, respeitando os limites imposto pela Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Manoel Xavier: ‘Não podemos tolerar’
O circuito de motocicleta, por exemplo, passa a exigir maior habilidade do candidato. Ele terá que fazer trajeto comum, rampa e transitar por uma área de desenvolvimento, que o obrigará a trocar marchas por várias vezes. “Os motociclistas são mais de 60% das vítimas graves de acidentes de trânsito. Não podemos tolerar isso. Dentro dos limites impostos pela legislação, temos procurado qualificar esse condutor, com vistas à redução das mortes no trânsito”, explica Manoel Xavier.
O local de prova prática para veículos de quatro rodas também sofreu intervenção e passou a contar com três trajetos alternativos, além da baliza e rampa. Só no momento em que entrar no veículo o candidato à categoria B será informado do caminho a ser percorrido, evitando que ele seja capacitado apenas para conduzir o veículo no percurso.

(Informações: Assessoria de Comunicação do Departamento Estadual de Trânsito/ Gabinete de Imprensa do Governador de Goiás)

quarta-feira, 22 de março de 2017

Para Jovair, reforma trabalhista deveria ser votada antes da reforma da Previdência

Jovair Arantes: “acreditamos que podemos fazer por partes. Primeiro a modernização trabalhista, depois a reforma da Previdência” – Foto: Jotaric/Divulgação

Ao destacar que parte da população está confundindo a reforma trabalhista com a da Previdência, o líder do PTB na Câmara dos Deputados, Jovair Arantes (GO), afirmou que a modernização das leis do trabalho deveria ser votada pelo Congresso Nacional antes da reforma da Previdência.
A declaração foi dada durante o encontro Reforma Possível, promovido nesta quarta-feira 22, pela Executiva Nacional do PTB em Brasília.
“As reformas são todas necessárias. O partido entende desta forma, nós também entendemos – mas acreditamos que podemos fazer por partes. Primeiro a modernização trabalhista, depois a reforma da Previdência”, disse Jovair Arantes.

Mesmo pacote
Segundo o líder, ao se colocar reformas diferentes no mesmo pacote, a sociedade acaba ficando confusa, achando que as duas são a mesma coisa.
“A modernização das leis trabalhistas, por exemplo, dá segurança jurídica, qualifica a questão do emprego e facilita a organização dos trabalhadores, permitindo que decidam por eles mesmos, sem precisarem da tutela de ninguém. Então, há uma diferença significativa. Com relação à Previdência, existe uma questão de transição que temos que discutir. É necessário que a sociedade possa entender melhor esse processo”, avaliou.

(Informações: Informações: Assessoria de Imprensa [Renata Tôrres] da Liderança do PTB na Câmara)

‘Expopec 2017’ inicia nesta quinta 23, em Porangatu

Exposição segue até domingo 26. Abertura será realizada pelo presidente da Faeg, José Mário Schreiner – Imagem: Divulgação [Para ampliar, clique na imagem

Inicia nesta quinta-feira 23 e, vai até o dia 26 de março, a segunda edição da Exposição de novas tecnologias voltadas ao desenvolvimento da pecuária (Expopec). O evento que ocorrerá em Porangatu, cidade do Norte goiano, tem como objetivo divulgar as tecnologias voltadas ao aprimoramento da produção de carne bovina, ovina e suína no Centro-Oeste, além de discutir e apresentar o que há de mais novo no mercado nacional e internacional. A abertura marcada para às 10h, contará com a palestra do presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), José Mário Schreiner, com o tema Organização política e desenvolvimento: valorização da mão de obra como agente de produtividade.
Durante a programação, a Exposição contará com palestras, demonstrações e oficinas, feiras de touros, espaço para negócios, exposição de animais, shopping de cavalos, visitas técnicas, vitrine da carne, leilão, festival gastronômico e outras atividades. Àqueles que comparecerem à Expopec poderão participar de discussões e sugestões de políticas públicas para a cadeia produtiva da carne – mercados bovinos, suínos e ovinos/carneiros –, palestras com renomados especialistas, pesquisadores, técnicos e consultores do mercado, além de lançamento e demonstração de novos produtos, equipamentos e serviços. A realização é da Faeg, do Sindicato Rural (SR) de Porangatu e do Instituto para o Fortalecimento da Agropecuária de Goiás (Ifag).

Importância do setor
A cidade de Porangatu, conhecida como a capital goiana do bezerro de qualidade, tem acesso privilegiado pelo encontro de dois importantes eixos rodoviários: o eixo de integração nacional Norte-Sul (BR-153) e a rodovia Leste-Oeste (GO-244) entre o Vale do Araguaia e o extremo Leste do estado, região de Campos Belos de Goiás.
Já a macrorregião central (Goiás e Tocantins) concentra um significativo rebanho de bovinos, suínos e ovinos. Os membros destas cadeias produtivas da carne demandam novos conhecimentos, atualizações tecnológicas e profissionais para atender suas necessidades. Os estados de Goiás e do Tocantins possuem juntos, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, quase 30 milhões de cabeças de gado. Goiás ocupa hoje a terceira posição no ranking de maior rebanho bovino do Brasil com mais de 21,5 milhões de cabeças de gado. Já o Tocantins conta com quase 8,5 milhões de cabeças de gado, ocupando a décima posição. Juntos, Goiás e Tocantins são responsáveis por 14% do rebanho nacional.
Com relação ao rebanho suíno, Goiás é o quinto maior produtor com um plantel de aproximadamente 2,3 milhões de animais. Conta ainda com um rebanho aproximado de 156 mil ovinos, em dados do IBGE.

Palestrantes
Drauzio Varella – A carne vermelha e seus benefícios-sem ideologia
André Bartocci – Manejo: a fórmula para ganhar produtividade sem gastar dinheiro
Antônio Chaker – A verdadeira gestão: conta sofisticada ou ‘arroz com feijão?’
Francisco Vila – Mulher, inevitavelmente herdeira, desejavelmente sucessora
Flávio Dutra – Ganho do rendimento ou rendimento do ganho? O que devemos saber sobre isso
Kellen Severo – Macro desafios, micro soluções
André Rocha – Ovinocultura: ovinos X bovinos ou ovinos + bovinos?
Nilo Chaves de Sá – Suinocultura: de volta aos negócios e à mesa
Fernando Sampaio – Pecuária moderna
Luiz Antônio Josahkian – Seleção genética como fator de produtividade e lucro
Teka Vendramini – A minha, a sua, a nossa história de superação permanente
Marcelo Penha – Não é opção, é obrigado. A pecuária lucrativa em ação!
Marcelo Bolinha e Elisabeth Schreiner – Vitrine da Carne
Alcides Torres – Mediador dos painéis
Paulo Leonel – Lançamento da parceria Adir, Fazenda Conforto e Você!
Rowena Petroll – Casos de experiências femininas com gestão no agronegócio
Fabio Dias – Pecuária de Corte: em busca da eficiência
Adriane Zart – Manejo Bovino sem Stress: Nada nas mãos

O Parque de Exposições Agropecuárias Hilton Monteiro da Rocha se localiza na avenida Brasília, Vila Rosa. Mais informações: www.expopec.com.br.

(Informações: Comunicação Faeg)