quinta-feira, 27 de julho de 2017

Aluno da rede estadual apresenta projeto científico em ‘Fórum’ internacional de Londres


Aluno Gabriel Lemos Gomes (meio): projeto dele trata de uma forma alternativa alimentar com base em insetos. Em novembro, o Jornal Cidade publicou reportagem focando a iniciativa científica, na página 5 (abaixo e, que pode ser acessada neste link): http://www.jotacidade.com/ktml2/files/uploads/pdf/cidade247.pdf  – Foto: Seduce/Divulgação. Imagem: Jornal Cidade



O aluno Gabriel Lemos Gomes, do Colégio Estadual de Tempo Integral Levindo Borba (de Rubiataba, cidade do interior goiano), está em Londres, onde participa do London International Youth Science Forum (LIYSF), que reúne mais de 500 jovens cientistas de 75 Países. O estudante da rede pública estadual apresenta o projeto que trata de uma forma alternativa alimentar com base em insetos.
O projeto Avaliação da Aceitabilidade Cultural de uma Forma Alternativa Alimentar com Base em Insetos foi desenvolvido durante a disciplina de Iniciação Científica, ministrada pelo professor Matheus Fernando da Silva, que acompanha o aluno em Londres. Também fazem parte da delegação o pai do estudante, Luciano Gomes, que financiou a própria viagem e o Coordenador de Área e Intérprete da Língua Inglesa, José Carlo Moura de Goiás, disponibilizado pela Secretaria de Educação, Cultura e Esporte de Goiás (Seduce).
O projeto, que já havia sido apresentado na edição 2016 do Forum, na Costa Rica, também foi selecionado pelo Programa Jovens Inovadores – de Incentivo à Ciência, à Tecnologia e à Inovação do Programa Olimpíadas do Conhecimento (Rede POC) –, para integrar a delegação brasileira no Encuentro Internacional Ondas Yo Amo La Ciencia 2017, que será realizado de 28 a 30 de setembro, em Bogotá, na Colômbia.
Em todas as viagens, inclusive a próxima para a Colômbia, a Seduce presta todo apoio logístico aos alunos e professores. “Nós estamos muito felizes em ter estudantes cheios de talento. É uma honra esse reconhecimento do nosso trabalho e esforço. Isso nos motiva a crescer mais. Nós agradecemos à professora Raquel Teixeira pelo apoio, à coordenadora regional de Rubiataba, Márcia Fernandes Teixeira e Silva que endossou todos os nossos pedidos, e aos familiares que abraçaram essa causa”, disse a diretora do colégio, Sirley Amaral.

LIYSF
É um evento que conta com palestras e demonstrações de cientistas, visitas a centros de pesquisa, instituições científicas e organizações, incluindo laboratórios mundiais e universidades. O LIYSF envolve 500 jovens de 16 a 21 anos de idade de mais de 75 Países participantes.
Fundado em 1959, o LIYSF tem como objetivo dar uma visão mais profunda da ciência e suas aplicações em benefício de toda a humanidade e desenvolver uma maior compreensão entre os jovens de todas as Nações.

(Informações: Comunicação Setorial da Seduce)

Pesquisadores da UFG mapeiam duzentas e setenta e uma aves do cerrado

Uma das espécies foi detectada pela primeira vez em Goiás; outras oito espécies pouco documentadas foram mapeadas pelo estudo.

Projeto tentou catalogar quais espécies estão em cada região e, com isso, perceber o grau de conservação dos fragmentos – Fotos: Arquivo do projeto















Entre as flores do pequi e as árvores de buritis, um observador atento pode presenciar o vai e vem de aves de todos os tamanhos, cantos e cores. Direcionado a esse universo, um projeto de pesquisa da Universidade Federal de Goiás (UFG) mapeou duzentas e setenta e uma espécies de aves do cerrado encontradas em 17 fragmentos florestais espalhados pelas regiões Sul, Central, Leste e Noroeste de Goiás. Uma delas foi registrada pela primeira vez no território goiano.
Na região Sul, 17 das espécies encontradas são vinculadas à Mata Atlântica. Em fragmentos mais próximos ao Noroeste, foram registradas 14 espécies da Floresta Amazônica. Essa é a região que abriga os maiores blocos florestais e se destacou por hospedar espécies ameaçadas de extinção, como a arara-azul, o jacu-de-barriga-castanha e o mutum-de-penacho. O araçari-miudinho-de-bico-riscado (Pteroglossus inscriptus), presente no Tocantins e na região Amazônica, teve o seu primeiro registro documentado em Goiás, em um dos fragmentos situados em São Miguel do Araguaia, Noroeste.
A pesquisa também foi responsável pelo segundo registro documentado no Estado do tauató-pintado (Accipiter poliogaster). A ave, quase ameaçada de extinção em âmbito mundial, foi encontrada no Centro goiano, na Floresta Nacional de Silvânia. Seu primeiro registro em Goiás ocorreu em 1953. “São espécies que não esperávamos encontrar”, afirmou a pesquisadora Shayana de Jesus. Ao todo, oito espécies pouco documentadas foram mapeadas pelo estudo.

Conservação
O projeto tentou catalogar quais espécies estão em cada região e, com isso, perceber o grau de conservação dos fragmentos. Ao final, os pesquisadores identificaram 13 aves com sensibilidade alta aos distúrbios ambientais, entre elas o tauató-pintado e o capitão-castanho. “São aves sensíveis às alterações ambientais, podendo desaparecer de fragmentos pequenos ou isolados”, afirmou Shayana de Jesus. Dentre as aves mapeadas, 115 são espécies dependentes florestais, ou seja, alimentam-se e se reproduzem principalmente em florestas.
Na avaliação do professor de Ciências da Natureza da Educação Intercultural da UFG e coordenador do projeto, Arthur Bispo, o resultado chama a atenção para o fato de Goiás ainda ser pouco estudado na área da Ecologia das paisagens. “O Estado possui alguns estudos de catalogação de aves, realizado principalmente pela Fundação Museu de Ornitologia, porém esse é um dos primeiros trabalhos que avaliou os efeitos do processo de fragmentação sobre a diversidade de aves”, explica.

(Informações: Assessoria de Comunicação UFG)

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Goiás completa 290 anos como exemplo de conservação do patrimônio

Antiga Vila Boa de Goiás: 290 anos, com participação da secretária Raquel Teixeira (dir.) nas comemorações, acompanhando o governador Marconi Perillo (dir.) – Fotos: Seduce/Divulgação







Na programação festiva do aniversário e transferência da capital, governador anunciou benefícios para a educação, quadras poliesportivas e consolidação da cultura e tradições.

A antiga Vila Boa de Goiás, primeira capital do Estado, completou 290 anos com uma extensa programação que começou na segunda-feira 24 e, foi encerrada no dia seguinte, com a transferência temporária da capital do Estado para a cidade de Goiás.
No primeiro dia, o Palácio Conde dos Arcos foi palco de cerimônias oficiais e atividades culturais, com a presença do governador Marconi Perillo (PSDB), da secretária de Educação, Cultura e Esporte, Raquel Teixeira, prefeita de Goiás, Selma Bastos (PT) e diversas outras autoridades. Em um momento de muita emoção, a presidente nacional do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico (Iphan), Kátia Santos Bogéa, recebeu o Título de Cidadã Vilaboense. “Estou em casa, tenho aqui amigos queridos. Os vilaboenses são exemplo de comprometimento com a preservação do patrimônio!”, disse Kátia.
Em seguida, foi inaugurada na Galeria dos Governadores do Palácio a imagem de Francisco Mascarenhas e aberta e exposição de artes Pintando a Nossa História - 290 anos da cidade de Goiás. A noite foi encerrada com o lançamento do livro Professor Alcides Jubé - Um catedrático por excelência, escrito pelo neto de Alcides, Antônio Celso Ramos Jubé.

Transferência
Goiás foi declarada capital do Estado na manhã de 25 de julho, com a solenidade de transferência e instalação dos Três Poderes, no Largo do Mercado Municipal. Ao comemorar os quase 300 anos do histórico lugar, o governador disse que a população de Goiás soube manter viva a cultura, as tradições, o casario e, por isso, merece a nossa gratidão.
Para a secretária Raquel Teixeira, a transferência foi muito importante por ser a última de Marconi Perillo como governador. Um dos marcos de seus governos foi a criação e consolidação do Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica) que, em sua edição 2017, gerou um retorno de aproximadamente R$2 milhões para a cidade de Goiás e teve cerca de 6 mil expectadores em todas as sessões de cinema, um público recorde.
Seguindo a programação comemorativa do aniversário, o governador, a secretária Raquel Teixeira, prefeita Selma Bastos e as autoridades federais, estaduais e municipais estiveram na escola municipal Os Pequeninos para a inauguração de obras, assinatura de atos e entrega de benefícios.
Com o programa Goiás na Frente, o governador anunciou que a Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) e a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Científico e Tecnológico e de Agricultura, Pecuária e Irrigação (SED) oferecerão 1,4 mil vagas para cursos de profissionalização e qualificação profissional via Pronatec.
Em seguida, as autoridades participaram da missa de graças pelos 290 anos da cidade na Igreja Matriz de Sant’Ana. A programação foi encerrada com a exibição do documentário Prefeitura e Governo de Goiás: Juntos pelo povo e a partilha do bolo de aniversário na Praça do Coreto.

(Informações: Comunicação Setorial da Seduce)

terça-feira, 25 de julho de 2017

26 de julho. ‘Dia da Padroeira’ de Uruaçu, Norte de Goiás

Sant’Ana: Mãe maior da nortense Uruaçu – Foto (interior da Catedral Sant’Ana): Jota Marcelo/Arquivo


No caso Dela, não é correto usar o Nossa.
Não carece o Senhora.
Basta Sant’Ana ou Santa Ana.
26 de julho é o Dia da Padroeira de Uruaçu, cidade do Norte goiano.
Salve, salve Sant’Ana!
Salve Sant’Ana, Mãe de Nossa Senhora e Avó de Jesus!
Salve Ana do hebraico Hanna, que significa graça!

‘Especial’
Abaixo, Especial transcrito, sem adaptações, do site da Diocese de Uruaçu, dirigida por d. Messias dos Reis.
E fica o convite para a participação da sua família na festa religiosa que se encontra em andamento, nova etapa de homenagens para Sant’Ana.

São Joaquim e Sant’Ana foram abençoados por Jesus com o nascimento da Virgem Maria
Com alegria celebramos hoje a memória dos pais de Nossa Senhora: São Joaquim e Sant’Ana. Em hebraico, Ana exprime “graça” e Joaquim equivale a “Javé prepara ou fortalece”.
Alguns escritos apócrifos narram a respeito da vida destes que foram os primeiros educadores da Virgem Santíssima. Também os Santos Padres e a Tradição testemunham que São Joaquim e Sant’Ana correspondem aos pais de Nossa Senhora. Sant’Ana teria nascido em Belém. São Joaquim na Galileia. Ambos eram estéreis. Mas, apesar de enfrentarem esta dificuldade, viviam uma vida de fé e de temor a Deus.
O Senhor então os abençoou com o nascimento da Virgem Maria e, também segundo uma antiga tradição, São Joaquim e Sant’Ana já eram de idade avançada quando receberam esta graça. A menina Maria foi levada mais tarde pelos pais Joaquim e Ana para o Templo, onde foi educada, ficando aí até ao tempo do noivado com São José.
A data do nascimento e morte de ambos não possuímos, mas sabemos que vivem no coração da Igreja e nesta são cultuados desde o século VI.

São Joaquim e Sant’Ana, rogai por nós!


(Jota Marcelo e Márcia Cristina)

SINDIURUAÇU E REGIÃO - 'Dia do Motorista'

[Clique na imagem para ampliá-la

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Lenine com a Filarmônica de Goiás




O cantor Lenine se apresenta com a Orquestra Filarmônica de Goiás no dia 30 de julho, no Centro Cultural Oscar Niemeyer, em Goiânia. A abertura do teatro ocorrerá às 9h30. O concerto está sujeito à lotação máxima do teatro, o espetáculo é indicado para maiores de oito anos e o início da apresentação será pontualmente 11h.
No repertório estão sucessos como Jack soul brasileiro, Leão do Norte, Paciência, o Silêncio das estrelas, entre outros.
Além das canções de Lenine, a Filarmônica também interpretará a 5ª Sinfonia, de Beethoven na primeira parte do concerto.
A regência é do maestro Marshal Gaioso. Entrada gratuita. Apresentação sujeita à lotação máxima do teatro.

Lenine
Desconsiderando rótulos ou classificações rígidas, Lenine refere-se a si mesmo como um cantautor, produtor musical e arranjador, que recifense e carioca, traz em suas composições influências de manifestações culturais tipicamente brasileiras. O compositor-produtor-arranjador-performer nasceu em fevereiro de 1959 e conta com mais de 30 anos de carreira. Teve e tem suas canções gravadas e interpretadas por grandes nomes do cenário musical como Milton Nascimento, Gilberto Gil, Maria Bethânia, Ney Matogrosso, Zélia Duncan e outros.
Lenine é também um artista bastante premiado, tendo recebido cinco prêmios Grammy Latino, dois da Associação Brasileira de Críticos de Arte e nove da Música Brasileira. Também já fez turnê por importantes cidades na Europa, América do Norte e Sul.
A história de Lenine com a música é de longa data, segundo o próprio, quando criança tudo o que ele mais queria era o ter o direito de poder brincar com o violão da irmã mais velha, o que só era possível quando ele conseguia roubar a chave do armário onde o violão ficava guardado. Com o passar dos anos Lenine foi envolvendo-se mais com a música até chegar ao ponto de decidir largar o curso de Engenharia Química para começar a escrever suas primeiras composições. Nessa época ele tranca o curso e muda-se para o Rio de Janeiro, passando a viver exclusivamente da música.
Gravou em 1983 o seu primeiro LP, juntamente com Lula Queiroga, intitulado Baque Solto, mas desde essa época a atividade musical de Lenine apenas intensificou-se, e ele produziu e gravou diversos CDs e DVDs. Ele desenvolve seu trabalho musical e é paralelamente um artista engajado em atividades que envolvem a proteção do meio ambiente, tendo lançado em 2014 a sua turnê Socioambiental, promovendo um encontro entre os temas caros ao artista, a saber, arte e natureza. Nesse sentido, a poesia do trabalho composicional de Lenine reflete bem a sua personalidade e crença, tornando a sua arte indissociável da pessoa que é. Com certeza a manhã de 30 de julho será memorável. Bom concerto!

Marshal Gaioso
Marshal Gaioso é bacharel em Música pela Universidade Federal de Goiás (UFG) (1996), fez mestrado em Artes pela Universidade de São Paulo (USP) (2002) e é Ph.D. em Musicologia pela University of Kentucky, em Lexington, Estados Unidos (2010).
Foi regente titular e diretor artístico da Orquestra Sinfônica de Goiânia, regente titular da Orquestra de Câmara de Goiânia e regente associado da Orquestra Filarmônica de Goiás.
É autor de Danças Para Banda (2006) e Da Missa ao Divino Espírito Santo ao Credo de São José do Tocantins (2004) e de estudos sobre a música em Goiás nos séculos XVIII e XIX.
Gravou, como regente e diretor artístico, diversos CDs, entre eles Danças de Outros Tempos (2006) e Música Colonial em Goiás (2004). Marshal Gaioso Pinto é professor de Música e regente da Banda Sinfônica do Instituto Federal de Goiás (IFG).
 
(Informações: Comunicação/Orquestra Filarmônica de Goiás. Fotos: Divulgação/Orquestra)

domingo, 23 de julho de 2017

Temporada de Férias 2017 em Uruaçu – Lago Serra da Mesa neste domingo 23 de julho. Mais uma mostra do sucesso do evento comandado por Valmir Pedro

Confira, em mais de 100 fotos da Assessoria de Comunicação Social (ASCOM) da Prefeitura de Uruaçu, imagens de bonito dia às margens do lago Serra da Mesa, na cidade nortense – Fotos: Ascom/Prefeitura. Outras fotos (mais de 100 imagens): abaixo


23 de julho de 2017, domingo: na última data da Temporada de Férias 2017, o cenário do lago Serra da Mesa, em Uruaçu, foi de um dia diferenciado para melhor, especialmente no período da tarde.
No palco montado pela Prefeitura, apresentações diversas de valores musicais locais, a exemplo do que ocorreu ontem e no último final de semana.
Nos restaurantes (os dos flutuantes e os da praia Generosa), lotação satisfatória, com atendimentos em massa, algo afirmado espontaneamente pelos comerciantes ribeirinhos do point turístico.
Conferindo in loco – uma das características positivas do prefeito Valmir Pedro (PSDB), que não é de ficar curtindo ar-condicionado do gabinete ou de outras estruturas do Poder Executivo da cidade do Norte goiano –, e satisfeito com a movimentação, ele, prefeito, é sinônimo de excelente dever de casa bem cumprido, alegria e satisfação com a presença marcante de turistas da região, do Estado e de fora de Goiás. Diante de cada placa dos veículos avistada, o sorriso largo de Valmir Pedro, que divide o contentamento com a equipe de trabalho e a população.
Da mesma forma, o comparecimento de famílias uruaçuenses. Ou seja: por etapas, é a volta do hábito das pessoas frequentarem o lago, graças ao evento em si, a Temporada de Férias, que já na sua edição inicial apresenta pontos positivos, em idealização projetada para mudar o perfil turístico de Uruaçu, principal cartão-postal turístico nortense, porta de entrada para o Norte goiano.
Para Valmir Pedro, as pessoas compreenderam e atenderam o chamamento da Prefeitura, via Secretaria Municipal do Turismo, dirigida por Rogério Pacheco – destaca-se a união, o apoio de outras Pastas do governo Valmir Pedro, ajudando na realização da Temporada –, e, esse alinhamento com o mesclado público dos nove dias do evento é um motivo a mais para que a qualidade seja praticada ao máximo por Valmir Pedro e equipe, ao mesmo tempo em que o prefeito já antecipa: a Temporada de Férias 2018 será melhor ainda, com ajustes naturais implantados, com as normais correções de falhas. “Podem ter a certeza de que a grade de ‘shows’ de 2018 vai surpreender a todos, nos quesitos bons atrativos e musicalidade para gostos dos mais diversificados”, comenta o prefeito, que anos atrás dizia em distintas entrevistas ao Jornal Cidade que Uruaçu tem potencial para atrair muitos turistas, bem como, atrair as famílias da terrinha com, todos, se divertindo nas zonas urbana e rural uruaçuenses, seja nos shows, no lago, nas cachoeiras.

Palcos
Ao longo de nove noites, apresentações musicais no palco instalado na avenida Transbrasiliana, Centro, contando com estrutura que agradou praticamente geral – dos artistas ao público.
Na abertura da Temporada, dia 15 de julho, sábado, Paralamas do Sucesso.
No domingo 16, Thiago Brado.
Na segunda-feira 17, Leonardo.
Na terça 18, banda Psirico.
Na quarta 19, MC Gui.
Na quinta 20, banda Mr. Gyn.
Na sexta 21, banda Nechivile.
No sábado 22, Cléber e Cauan.
No domingo 23, Aline Barros.
Nos dois finais de semana, na praia Generosa, durante o dia, shows com artistas locais.
Reportagem completa sobre a Temporada de Férias 2017, parte integrante das comemorações dos 86 anos de emancipação político-administrativa de Uruaçu, será publicada pelo JC nas versões online e impressa, inclusive com considerações importantes do prefeito, que detalhará particularidades sobre o evento turístico-cultural.

[Clique nas imagens para ampliá-las
Confira, em mais de 100 fotos da Assessoria de Comunicação Social (ASCOM) da Prefeitura de Uruaçu, imagens de bonito dia às margens do lago Serra da Mesa, na cidade nortense – Fotos: Ascom/Prefeitura



















































































































(Jota Marcelo e Márcia Cristina)